São Paulo FM

Acessar

CULTURA

Festival Digital Curta Campos do Jordão promove oficinas de cinema grátis com Ralph Friedericks




Ralph Friedericks | Divulgação

A partir das 19 horas do dia 24 de março, quarta-feira, o Festival Digital Curta Campos do Jordão – FDCCJ disponibiliza no site www.festivaldigitalcurtacj.com.br,  quatro oficinas de cinema, ministradas pelo cineasta e fotógrafo Ralph Friedericks. Os interessados podem acessar as aulas, gratuitamente. Os temas são: Efeitos Especiais - De Méliès ao Chroma Key, Refilmando a Cena Famosa, Criação de Personagem e Foley - Fabricando os Sons dos Filmes.

Posteriormente, nos dias 26 de março e 26 de abril, às 19 horas, acontecem lives abertas aos participantes e demais interessados para discutir os temas das oficinas, tirar dúvidas e mostrar experiências de alunos, a partir das técnicas apresentadas por Ralph Friedericks nas oficinas. Todas as orientações serão informadas no site e pelas redes sociais do FDCCJ.


Em Efeitos Especiais - De Méliès ao Chroma Key, o diretor apresenta a história dos efeitos especiais, desde os primórdios do cinema com o francês Georges Méliès (1861-1938) até a computação gráfica em que o chroma key é ferramenta essencial às cenas de efeito. Ralph também apresenta algumas técnicas de maquiagem e de filmagem para as experiências dos alunos, bastante simples de elaborar e executar.

Muitas cenas ficaram para a história do cinema, presentes no imaginário de todos, como a de Os Intocáveis (1987, Brian De Palma), quando um carrinho de bebê desliza pela escada enquanto acontece um tiroteio, ou de Psicose (1960, Alfred Hitchcock), a cena do assassinato no chuveiro. A oficina Refilmando a Cena Famosa aborda as releituras que muitos diretores fazem dessas imagens clássicas da sétima arte, seja como artifício ou homenagem. Ralph também propõe aos alunos o exercício de estudar os detalhes de uma cena inesquecível, observando posições de câmeras, iluminação, planos, trilha, sons e figurino, para recriá-la em outro contexto.

Criação de Personagem apresenta uma exposição sobre esta etapa do cinema, fundamental a qualquer boa produção. Ralph Friedericks propõe exercícios com personagens clássicos do cinema nacional e internacional, no qual o aluno deve identificar características que as situem no contexto da história a ser contada: quem é ela, como vive, qual a personalidade, o que busca, qual sua classe social, do que gosta e outros.

A oficina Foley - Fabricando os Sons dos Filmes se refere ao estudo da criação de sons em estúdio – sons ambientes (externos, urbanos, floresta etc.), de objetos, de ações, do cotidiano e outros –, apresentado a diferença entre uma cena com e sem sonorização. O professor propõe aos alunos a recriação dos sons para uma determinada cena e também a gravação de outra para exercitar a criação de sons em contextos e significados diferentes, além de dar dicas de aplicativos com sons para audiovisual.


Ralph Friedericks | Divulgação

Ralph Friedericks
Estudou fotografia e roteiro em Paris (FR) e Propaganda & Criação no Mackenzie. Alguns de seus curtas-metragens participaram de festivais e foram exibidos na televisão. Foi ganhador do Festival do Minuto com Pontos de Vista e do Concurso de Roteiro da Escola de Escrita Audiovisual de Paris com Cidade Branca. E sócio-diretor audiovisual da Produtora Matiz Filmes e Produções e, há 19 anos, coordena oficinas e workshops de cinema / vídeo e fotografia. Realizou mais de 200 oficinas em locais como Casa de Cultura de Paraty, Sesc, Oficinas Culturais do Estado, MIS - Museu da Imagem e do Som de SP e outros. Há 15 anos, coordena o Cineclube Os Fellinis com encontros mensais para assistir e analisar filmes da cinematografia brasileira e internacional. Frequenta, desde 2013, os encontros da ABC (Associação Brasileira de Cinematógrafos - Diretores de Fotografia) na Cinemateca Brasileira em São Paulo, onde são exibidos longas-metragens brasileiros e comentados pelos profissionais que os realizaram. Estudou a Linguagem da Fotografia na Pós-Graduação da ECA – USP; colabora para a revista francesa Street Art com reportagens fotográficas. Realizou as exposições fotográficas: Regards Sur Venise, no CLE de Paris, e Paris Eu Te Amo em Branco & Preto, na Embaixada da França em Brasília.

O Festival
A maior parte dos eventos que compõem a programação do Festival Digital Curta Campos do Jordão - FDCCJ acontecerá entre os dias 21 e 28 de abril no formato virtual (e grátis) pelo site www.festivaldigitalcurtacj.com.br. O trabalho de curadoria está em andamento para, no dia 21 de março, divulgar os selecionados, entre os 564 curtas-metragens inscritos de todo o Brasil, conforme previsto no regulamento do festival. Além das Mostras Competitivas de Curtas-Metragens, ainda contam da programação Sessão Especial para as pessoas atendidas pela APAE de Campos do Jordão e Região, e Oficinas de Formação em Audiovisual, ministradas pelo cineasta Jeferson De, pela roteirista e produtora Cristiane Arenas e pelo diretor e professor de cinema Ralph Friedericks.

Os vencedores em cada categoria receberão troféu (Prêmio Araucária de Cinema) e prêmio em dinheiro da ordem de R$ 3.000,00. Um dos destaques do festival é o Prêmio Regional para o Melhor Curta produzido na Mantiqueira, Vale do Paraíba e Litoral Norte de São Paulo, tanto para os eleitos pelo Júri Oficial quanto pelo Júri Popular. O Júri Popular - por votação online, a partir de 21/4 - vai escolher o Melhor Curta Nacional e o Melhor Curta Regional. O Júri Oficial também vai eleger o Melhor Curta Regional e será responsável pela premiação dos melhores curtas nas categorias: Ficção, Documentário, Animação, Experimental, Infantil, além da Melhor Direção e Melhor Roteiro Original.

Idealizado e produzido pelo Cineclube Araucária de Campos do Jordão (SP), o Festival Digital Curta Campos do Jordão – FDCCJ conta com o apoio da Secretaria Municipal de Valorização da Cultura e do Convention Bureau de Campos e Região. Este projeto, contemplado no Edital ProAC Expresso LAB 40/2020, é realizado com recursos disponibilizados pela Lei Federal 14.017/2020, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo e da Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo.




VEJA TAMBÉM