SP SAÚDE

Chocolate pode ser um aliado da saúde vascular
Dra. Fátima El Hajj comenta os benefícios e malefícios de um dos doces mais queridos do Brasil



O chocolate é um alimento rico em carboidrato e gordura, em maior ou menor quantidade, dependendo do tipo. Ele fornece grande quantidade de energia, além de proporcionar sensação de bem-estar pela ingesta do açúcar. Por possuir cacau em sua composição, é rico em flavonoides, um antioxidante potente que auxilia em nossa saúde vascular.

Esses antioxidantes potentes possuem ação benéfica comprovada para a circulação do nosso corpo, mas isso não significa que comer chocolate aos montes seja benéfico. “Por ser rico em açúcar e gordura, ele também eleva o risco de diabetes mellitus e aumenta os níveis de colesterol ruim (LDL)”, conta a cirurgiã vascular, Fátima El Hajj.

Por conta disso, o indicado para ser consumido ao dia são no máximo 30g, mas isso vale apenas para pacientes que não possuem nenhuma restrição dietética. Além disso, não são todos os chocolates que são recomentados, pois a proporção de açúcar, chocolate e leite varia de acordo com o tipo. 

Para quem não é fã do doce mais apreciado no mundo, “alimentos como café, frutas vermelhas e alimentos cítricos ricos em vitamina C também possuem benefícios para a nossa saúde vascular”, finaliza a médica. 

Conheça abaixo os tipos de chocolate e suas composições⠀

-Chocolate ao leite: Não apresenta uma quantidade significativa de cacau e é rico em gordura e açúcar. Esses são inimigos da saúde vascular, pois estão relacionados com a obesidade e a diabetes mellitus. ⠀

-Chocolate branco: Similar ao chocolate ao leite, com o agravante de não conter nenhum resquício de cacau em sua composição, ou seja, pode ser produzido apenas com óleos vegetais hidrogenados, cujo consumo resulta no aumento dos níveis do mau colesterol (LDL). ⠀

-Chocolate amargo: As opções 70% de cacau são as mais saudáveis! O cacau atua na redução dos riscos de doenças vasculares, redução do mau colesterol (LDL) entre outros benefícios ao organismo. ⠀-Chocolate meio amargo: Geralmente com 40% de cacau, essa opção tem mais açúcar que a versão amarga, mas também traz benefícios antioxidantes. Aposte nas versões com avelã, nozes ou castanhas, que fornecem vitaminas e minerais importantes, que têm ação antioxidante e melhoram a circulação sanguínea. ⠀

Siga a Dra. Fátima El Hajj no Instagram: @dra.fatima.vascular 



 




VEJA TAMBÉM



SP SAÚDE  |   21/09/2021 06h06


SP SAÚDE  |   30/08/2021 07h28


SP SAÚDE  |   30/08/2021 07h16