São Paulo FM

Acessar

CULTURA

Novo álbum do grupo Trio Misturada estreia sexta (10) nas plataformas digitais



Após um convite para realizar um show em formato de live, o Trio Misturada decide transformar esse encontro em um álbum, reunindo composições de cada integrante que surgiram durante o isolamento. Formado em 2019 por Gabriel Maia (guitarra), Matheus Marinho (bateria) e Mateus José (baixo), o grupo lança "Aqui e Ali" disco que estará em todas as plataformas digitais no dia 10 de junho.  
 
Numa sincronia não planejada, todas as composições trazem um sotaque brasileiro bem acentuado, o que acabou por ser a marca principal desse trabalho. O título "Aqui e Ali" faz referência aos encontros virtuais tão recorrentes na pandemia. Compondo separadamente,  sem imaginar que "conversavam" nas referências temáticas da música popular brasileira e traziam sentimentos do exílio, lembranças, anseios, esperanças, discos admirados e homenagens.
 
O baião, maracatu, bolero, sons mineiros, samba, samba jazz são os estilos presentes nesse trabalho. Com a participação especial da pianista, compositora e arranjadora Debora Gurgel, o disco foi gravado em novembro de 2020 no Estúdio Arsis em São Paulo, obedecendo todos os protocolos de segurança requeridos pela pandemia.
 
Aqui e Ali (Gabriel Maia),  Dias Melhores ( Matheus Marinho) Brincadeiras (Gabriel Maia)  Samba Novo (Matheus Marinho) Noites (Mateus José), Caminho (Matheus Marinho),  Quiet Little Lady (Debora Gurgel) e  Samba pro Zé (Mateus José) formam o repertório do disco.
 
A estreia do grupo foi em 2019, com o lançamento do álbum Caminho, com as participações especiais de Vanessa Moreno, Débora Gurgel, Marcelo Fofão e Amanda Conti.
 
 
Sobre os integrantes
 
Gabriel Maia (guitarra), 23 anos, começou a tocar guitarra aos 14 anos, tendo como primeiro professor, seu pai, José Luiz Chabassus Maia. Estudou na EMESP, onde teve aula com Olmir Stocker, Sizão Machado, Edu Ribeiro, Marcus Teixeira e outros importantes nomes da música brasileira. Em 2017, Gabriel entrou na Banda Nova Malandragem, uma Big Band focada no repertório de samba rock. Em 2019, se mudou para Boston para cursar a faculdade "Berklee College of Music". Gabriel tem como professores grandes nomes da guitarra e do jazz como Mick Goodrick, Richie Hart e Ed Tomassi.
 
Mateus José (baixo) iniciou os estudos de música aos 12 na Secretaria de Cultura de Francisco Morato, nas aulas de violão. Aos 17 anos iniciou o estudo de contrabaixo elétrico na EMESP, onde teve aulas com Gabriel Bahlis e Sizão Machado e contrabaixo acústico com Mário Andreotti. Em 2017 iniciou os estudos de licenciatura em música na Faculdade Cantareira, no qual se formou em 2020. Já gravou ou tocou com músicos como Débora Gurgel, Vanessa Moreno, Nova Malandragem e Larissa Alves.
 
Matheus Marinho (bateria) iniciou seus estudos em 2012 no projeto Seu Batuta. Estudou na Escola do Auditório Ibirapuera, formou-se em 2018 e hoje atua como Assistente de Regência ao lado da Maestrina Debora Gurgel. Tocou ao lado de artistas como Adriana Moreira, Anaí Rosa, Anelis Assunção, Chico Cesar, Ceumar, Debora Gurgel, Edson José Alves, Fabiana Cozza, Juçara Marçal, Jards Macalé, Juliana Amaral, Marcelo Jeneci, Nailor Proveta, Tatiana Parra, Tiganá Santana, Vanessa Moreno, Verônica Ferriani, Xênia França e Wilson das Neves.
 
Para conhecer, acesse: www.youtube.com/channel/UCxqzyNW2OJTwYz-iznRu4cw




VEJA TAMBÉM