SP SAÚDE

Diabetes e atividade física: preparador físico dá dicas valiosas para sua qualidade de vida
Veja cinco perguntas fundamentais para serem feitas antes de praticar atividade física com segurança


Daniel Reche | Pixabay 

Atividade física faz bem para o corpo, mente e alma, porém, é preciso ter algumas informações antes de iniciar qualquer exercício. Para pacientes com diabetes, é essencial saber como está o nível de glicemia, por exemplo, antes de iniciar a atividade.

"Orientação é primordial para quem quer praticar atividade física e tem diabetes", explica Emerson Bisan, Coordenador de Exercício Físico do Correndo pelo Diabetes, organização sem fins lucrativos, que desenvolve programa de promoção de saúde inovador com foco em atividade física e inclusão da pessoa com diabetes.

Bisan explica que é importante manter a glicemia dentro do intervalo preconizado. "No momento de início da atividade, o valor deve estar entre 120mg/dl e 150mg/dl. Busco esse intervalo para começar qualquer atividade que requeira atenção, seja uma corrida, uma palestra, uma defesa de tese, uma entrevista etc.", explica.

Segundo o educador, esse intervalo traz segurança para minimizar ao máximo possível a chance de uma hiperglicemia ou hipoglicemia, o que prejudicaria a concentração e coordenação.

Por isso, antes de começar qualquer atividade física, é preciso responder cinco perguntas fundamentais:

·        Qual é a sua glicemia no momento?

·        Quando foi a sua última refeição?

·        Você tem insulina ativa? Ou sua medicação oral ainda está agindo?

·        Quanto tempo vai durar a sua atividade?

·        O que você tem em mãos para corrigir uma hipoglicemia?

"Com essas perguntas temos as principais variáveis a serem consideradas e uma quantidade infinita de decisões a serem tomadas para assegurarmos a realização de uma atividade física com autonomia e segurança. O segredo é se preparar, mas também estar preparado para lidar com o inesperado", orienta Bisan.

Ter a assessoria de um profissional de educação física e acompanhamento médico são necessários para a pessoa com diabetes ter melhor qualidade de vida e bem-estar. "A atividade física regular é um pilar essencial para o manejo do diabetes. O paciente que apostar na atividade física, por meio de acompanhamento da equipe do CPD, tem o respaldo de profissionais que entendem sobre o diabetes e vivem diariamente a condição", comenta Bruno Helman, CEO do CPD.

Sobre o Correndo pelo Diabetes
O Correndo pelo Diabetes (CPD) é uma organização sem fins lucrativos, que tem como objetivo estimular a prática regular de atividade física como ferramenta de promoção da saúde e inclusão da pessoa com diabetes. Desde 2018, recebe o apoio da Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD) e atualmente faz parte das ações do Departamento de Diabetes, Esporte e Exercício da SBD.

Serviço
correndopelodiabetes.com
instagram.com/correndopelodiabetes




VEJA TAMBÉM



SP SAÚDE  |   21/09/2021 06h06


SP SAÚDE  |   30/08/2021 07h28


SP SAÚDE  |   30/08/2021 07h16